Afinal, o que é qualidade de vida? - Setpar Empreendimentos

Afinal, o que é qualidade de vida?

28 outubro 2019

Pode-se dizer que a qualidade de vida se resume ao modo e intensidade de relação das pessoas com o mundo. Diante dessa afirmação, é possível vislumbrar alguns fatores que influenciam positiva e negativamente a nossa qualidade de vida.

Afinal, muitos e variados são os elementos que tornam o mundo o que ele é aos nossos olhos. Além disso, cada área da existência de uma pessoa gera uma determinada qualidade de vida. A seguir, nós falaremos um pouco sobre tudo isso de uma maneira simples e objetiva. Confira!

Quais são os aspectos básicos que definem a qualidade de vida?

princípio básico da qualidade de vida parte do próprio indivíduo, pois ela depende da percepção dele enquanto agente social. Isso porque o desempenho do papel social no mundo é caracterizado por uma interação que acarreta diferentes resultados.

Na prática, o que se tem é uma constante relação de troca entre indivíduo e sociedade em diversificados ambientes. Conforme o tipo de consequência de cada interação, os efeitos podem ser sentidos pelo indivíduo física e psicologicamente. Portanto, o estado de saúde física e mental de alguém está diretamente vinculado à melhora ou piora da qualidade de vida dele.

A própria alimentação é um fator preponderante no nível de qualidade de vida. O tipo de alimentação, por exemplo, deixa as pessoas mais ou menos dispostas. Logo, até o alimento interfere na qualidade de vida.

Pelo mesmo raciocínio, os transtornos psicológicos também são parte determinante da qualidade de vida. Quando uma pessoa está debilitada física ou psicologicamente, toda a relação dela com a sociedade fica comprometida.

Por sociedade, entenda-se o ambiente de trabalho e os relacionamentos interpessoais. Em outras palavras, fica difícil encontrar estímulos para manter vínculos pessoais e profissionais. Assim, uma qualidade de vida satisfatória é fundamental para que todos, de fato, sintam-se vivos.

Onde ela se manifesta?

Onipresente, a qualidade de vida se reflete:

  • no conforto ou desconforto do meio de transporte usado para chegar à universidade, casa ou trabalho;
  • no tempo gasto nesses mesmos meios de transporte;
  • no entusiasmo ou desânimo com relação ao curso da faculdade;
  • no nível de satisfação com a profissão escolhida e as funções ligadas ao cargo ocupado;
  • na felicidade da vida a dois ou na serenidade durante os momentos de solidão;
  • na carga de estresse diário.

Embora não seja uma regra, note que os exemplos acima tendem a acontecer simultaneamente. Enquanto algumas pessoas têm carreiras profissionais bem consolidadas e encaminhadas, outras preferem realizar outro curso superior.

Isso faz com que ela acumule trabalho e estudo — rotina de muita gente, inclusive. Mesmo durante o primeiro curso, muitos jovens já precisam trabalhar para contribuir financeiramente em casa. Tal necessidade demonstra que o dinheiro (mais precisamente a falta dele), é outro fator relevante quanto à qualidade de vida.

Como melhorar a qualidade de vida?

Como você viu, o nível de qualidade de vida é contagiado pelos aspectos mais variados. Para desfrutar de uma boa qualidade de vida, é necessário:

  • diminuir a concentração de estresse;
  • priorizar o consumo de alimentos saudáveis;
  • evitar relacionamentos tóxicos;
  • almejar uma profissão que realmente o motive a acordar todos os dias;
  • morar em uma cidade bem arborizada, pois o contato com a natureza é mais do que fundamental.

Com essas dicas, você estará no caminho certo para conquistar uma qualidade de vida realmente invejável. A partir daí, a convivência consigo mesmo e com o restante da sociedade será muito mais harmônica.