Condomínio fechado: o que você precisa saber antes de morar em um - Setpar Empreendimentos

Condomínio fechado: o que você precisa saber antes de morar em um

11 março 2021

Tenho certeza que em algum momento você já pensou em morar em um condomínio fechado. Atualmente, todos buscam a qualidade de vida que julgam ser a melhor para toda sua família. 

Porém, muitas pessoas antes de se mudarem têm diversas incertezas sobre o funcionamento dos condomínios fechados. E está tudo bem! É necessário, realmente, conhecer melhor a respeito dos detalhes de morar em um condomínio fechado.

Pensando nisso, trouxemos as principais dúvidas que você pode ter antes de decidir morar em um condomínio. 

Condomínio fechado paga IPTU? 

O IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) é um tributo cobrado anualmente para todos os proprietários que possuem qualquer tipo de imóveis em seu nome em centros urbanos. 

Para esclarecer, pessoas que residem em condomínios continuam tendo que pagar IPTU sobre seu lote para o município.

Porém, raramente, existem cidades que possuem regras de isenção de IPTU para aquela área do condomínio. Neste caso, não é obrigatório o pagamento.

Porém, o condomínio também paga IPTU? Sim! Ele também tem que pagar IPTU sobre as áreas comuns, que são as áreas da guarita, salão de festa, piscina, entre outras áreas que o condomínio possa ter.

Taxas de condomíniofechado

Vale ressaltar que a taxa condominial não é a mesma coisa que o IPTU! Nessa taxa obrigatória é cobrado um valor mensalmente, para custear serviços que ofereçam bem-estar aos moradores e para garantir o bom funcionamento do condomínio. 

Esse valor pode ser:

  • Valor fixo: Em uma reunião entre os condôminos, com a concessão de todos, será determinado um valor fixo do que terá que ser pago todo mês, mediante aos gastos mensais do condomínio;
  • Rateio: Ao invés de ser definido um valor fixo, ao final de cada mês é feita a soma de todas as despesas que o condomínio arcou. Quais são elas? Salários dos funcionários, manutenções, contas, entre outros. Após a soma de todas essas despesas, o valor será dividido por residência. 

Porém, esse valor cobrado varia de condomínio para condomínio, o custo pode aumentar dependendo da área em que está, da quantidade de moradores que residem ali, do salário dos funcionários etc. 

É importante reafirmar que a taxa condominial é obrigatória por parte de todos os moradores. De acordo com o Artigo 1336 da Lei nº 10.406: “O condômino que não pagar a sua contribuição ficará sujeito aos juros moratórios convencionados ou, não sendo previstos, os de um por cento ao mês e multa de até dois por cento sobre o débito.”

Área comum em condomínios

Você sabe me dizer o que são as áreas comuns? Será que todos os condomínios possuem essas áreas? Bom, quero explicar para você um pouco melhor sobre este assunto!

A área comum em condomínio fechado são as áreas garantidas ao lazer para todos os moradores. Normalmente, temos: academia, quadras de esporte, piscinas e salão de festas. 

Lembre-se que essas áreas podem diferenciar-se em cada condomínio, porém, as áreas que citamos acima são as mais comuns.

Dica de ouro!

Diferente de muitos condomínios, o SetLife Residence Club, além das áreas básicas, conta com mais espaços de lazer garantidos para você e toda sua família. Alguns deles são:

  • Academia;
  • Brinquedoteca;
  • Espaço para piquenique;
  • Pista de Skate;
  • Parque aquático;
  • Pista de caminhada; 
  • Quiosque com churrasqueira.

Para finalizar, quer saber um pouco mais? Clique aqui para saber o que mais o SetLife Residence Club tem a oferecer-lhe!